InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
» Fim do fórum
Qui Jul 09, 2015 7:53 pm por Gunner

» Oi, Raquel apresentando-se
Qui Jun 26, 2014 4:45 pm por Felisberto Danella

» Galeria da Rê
Sab Abr 02, 2011 5:39 pm por Renata K.

» Novata. Renata K. ;]
Sab Abr 02, 2011 5:10 pm por Renata K.

» [Persona 3] Descubra qual é a sua persona.
Seg Fev 14, 2011 5:22 pm por cpmro

» Terminal Xenti
Sab Dez 25, 2010 6:31 am por Gaabriel

» Olá, Gabriel se apresentando!
Sab Dez 25, 2010 6:04 am por Gaabriel

» Armageddon
Ter Nov 23, 2010 7:25 pm por Lune V.

» [Yu-Gi-OH!] O que a 4kids nos fez engolir.
Seg Nov 08, 2010 3:33 pm por Pedrinho

Votação
Vocês desejam um chatbox no The Writers?
Sim
100%
 100% [ 6 ]
Não
0%
 0% [ 0 ]
Total dos votos : 6
Dezembro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     
CalendárioCalendário
Top dos mais postadores
Leonardo (459)
 
Gunner (338)
 
Puresparky (302)
 
Jean William (218)
 
Alexis Tecno-I-Magus (171)
 
ArnoBeiFong (147)
 
Lucas_palmeirense (90)
 
Theime (69)
 
Gustavo_Andrade (67)
 
DKG (57)
 
Parceiros

 

As Cronicas de Belacqua

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Autor Mensagem
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: As Cronicas de Belacqua   Ter Jun 16, 2009 3:23 pm

Bom dia meu pessoal do The Writers ... vou começar a postar aos pouquinhos minhas cronicas ^^ foi meu primeiro grande trabalho e ja esta pronto ... postarei um capitulo por dia ...

Erros de ortografia : sim ... sou humano ^^ tambem erro na escrita mas nada ilegivel ...

Erros de Pontuação : muito raramente mas deve ter uns 3-5 =X

Ideias malucas : claro q sim ^^ toda historia necessita de uma ideia maluca ^^

hoje postarei 5 capitulos para começar ^^

as vezes postarei mais ...

mas no minimo 1 cap por dia ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Ter Jun 16, 2009 3:25 pm

Crônicas de Belacqua

Cap. I

Em uma terra abandonada pela vida , lá estava Sir Eros ( Rei do primeiro dos 10 Reinos de Alfa 5 , um planeta diverso e gigantesco) , Sir Eros caminhava em sua montaria , um grande cavalo negro , e levava nas costas uma grande lança feita de ouro e no cinto um saco com moedas de ouro e seu disco de laminas . Já vinha viajando pelo deserto Sul do planeta a 3 meses , e da escolta q havia levado consigo agora só restavam as almas e os ossos , depois de finalmente achar um pequeno Oasis naquele verdadeiro mundo de sol ele desmontou seu cavalo e foi correndo até lá , ao chegar percebeu , q novamente o
As deserto lhe pregara uma peça , soltou uma praga e voltou a montar sua montaria , saiu novamente a cavalgar em compasso pesado e lento , pensava consigo mesmo “ Maldito seja este deserto , acho que o que sobrara de mim será os ossos dos quais viram a ser roídos pelos Lobos Negros ” , mas então tornou a ver um Oasis e ignorou foi passando pela água com seu cavalo até perceber q era real , Sir Eros soltou um urro de prazer ao se atirar dentro daquela pequena nascente no meio do nada , seu cavalo havia saído para a margem e depois de saciar a cede agora comia o pouco da grama q havia debaixo das 4 arvores q ficavam na parte de trás do Oasis , Sir Eros foi até debaixo de suas sombras e tirou a armadura ficando nu , então tirou as celas do cavalo e acendeu uma fogueira na qual cozinhou um pedaço de carne de Lobo Negro da qual tinha recolhido em sua jornada , comeu e depois checou q estava seguro ali , e então vestiu sua túnica de fios de ouro e deitou-se e dormiu , perdeu a conta de horas mas quando acordou fazia muito frio naquele deserto , acendeu uma fogueira com um dos seus últimos chumaços de musgo fogoso , e tirando a túnica vestiu sua armadura e cobriu se com a capa , trazendo o cavalo para junto do fogo para q não acabasse congelado , e ficou ali sentado afiando seus armamentos e contando o que lhe restava no estoque , tinha uma túnica leve para o dia e uma túnica com pelos de Snarf Corredor para a noite fria , tinha cerca d 20 litros de água , 5 quilos de carne de Lobo Negro , suas moedas de ouro e para o caso de um acidente tinha equipamento de cura para 3 pessoas .Levantou em um salto e vendo q seu cavalo sentia frio equipou-o com as peças de couro de Avastesmas-dos-Penhascos que havia ganhado de presente em seu reino , o cavalo se ajeitou e ficou em postura de um cavalo real , a postura q adorava exibir , Sir Eros foi até a pequena nascente e tomou um pouco de água , esta estava gelada a ponta de fazer seu corpo tilintar sob a armadura , levantou e decidiu q seria mais sábio continuar a viagem a noite , quando não era tão calor , e sabia q c ficasse parado por muito tempo naquele frio seria seu fim , selou o cavalo e pegou suas rédeas e foi a seu lado caminhando e carregando parte dos equipamentos para que tivesse que se concentrar no peso e também para gerar mais adrenalina e calor com a força maior , e o dia já estava começando a raiar quando , Sir Eros se defrontou com seu destino : Cittagaze , centro do segundo Reino de Alfa 5 , chegando lá foi diretamente para o centro da cidade onde o palácio ficava e começou a sentir o calor do dia e aproveitando que as ruas estavam desertas por ainda ser cedo da manha , se trocou , e caminhando devagar subiu as escadas do palácio e bateu na porta de marfim , a porta se abriu com um ranger alto e suave , e um guarda com uma lança na mão apareceu , Sir Eros se identificou e entrou
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Ter Jun 16, 2009 11:04 pm

Cap. II
Sir Eros foi recebido gentil e luxuosamente, Sir Nero , Rei do Segundo Reino , foi logo lhe fazendo perguntas sobre sua jornada , as quais Sir Eros respondeu com limitadas pausas e bebericadas em seu Wisky de Fogo , Sir Nero e Sir Eros aviam lutado juntos na Grande Guerra , e logo mandaram um mensageiro ao Primeiro Reino dizendo q Sir Eros havia chegado e chamando parte de ser exercito , Sir Nero reuniu parte do seu,e deu ordens para treinarem , pois partiriam em viagem dali a 1 mês . Sir Eros treinava juntamente com seu companheiro Sir Nero os golpes dos pergaminhos sagrados dos quais aviam usado na Grande Guerra .

Passado um mês as duas tropas reunidas saíram em viagem , Sir Eros e Sir Nero e seus homens chegaram na capital do Terceiro Reino de Alfa 5 em cerca d 2 semanas e meia .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Ter Jun 16, 2009 11:05 pm

Cap. III

Ao chegar em Nortius a Capital do Terceiro Reino de Alfa 5 , foram recebidos com uma escolta de 10 mil homens armados , estes quase os atacaram mas logo os dois reis se identificaram , e Sir Tyalis foi , o Rei do Terceiro Reino , foi a seu encontro , e dizendo em quanto apertava a mão dos dois velhos companheiros de guerra :

- Nero , Eros desculpem pelo exercito mas estamos em tempos difícil aqui em Nortius nossa cidade vem sendo atacada por bestas e exércitos de inimigos , sendo assim precisamos nos defender .

- É verdade – comentaram Sir Eros e Sir Nero , sabendo disso por também serem reis.

- Mas venham , vamos nos confortar no meu palácio e conversar sobre o que acontece pelo mundo de Alfa 5.

Enquanto deliciavam-se com o Tokay dourado e doce que era produzido em Nortius os 3 Reis conversavam sobre seus tempos da Grande Guerra , depois de um tempo ali cerca d 1 semana , Sir Eros mostrou seus mapas e planos para Sir Tyalis que após ler atenciosamente concordou , reuniu 5 mil homens de seu exercito e alguns Dragões Negros .

E partiram , foram viajando e em cerca d 2 meses , deram de cara com os portões de Svalbar o Quarto Reino , foram caminhando e se identificaram , e logo estavam no escritório de Sir Timentir , o Rei do Quarto Reino , contaram tudo que tinham em mente e Sir Timentir como sempre olhou para seus velhos amigos com um olhar serio , e logo depois caiu na gargalhada , fazendo os músculos de seu corpo jovem e forte saltarem , e os 3 reis o acompanhavam na gargalhada alegre .

-Bom vamos aos preparativos – disse logo Sir Timentir levantando-se e pegando o tridente de cristal .

A doação de Sir Timentir foi sua força , e alguns soldados riram ao ver aquilo , mas os 3 reis o respeitavam muito , pois Sir Timentir era a o sexto filho de um sexto filho de um sexto filho , decendente de Timensor , Senhor do Poder Arcano , Mestre das Terras dos Mortos e também possuidor da força de 100 mil homens em um único braço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Ter Jun 16, 2009 11:08 pm

Cap. IV


A viagem foi longa e cansativa , e encontraram vários obstáculos em seu caminho , como acampamentos rebeldes e algumas tocas de Elfos do Caos , estes tinham executado vários homens de seu grupo , mas logo haviam sido esmagados como moscas, e em certos locais encontravam Mamutes , dos quais pegavam carne e pele para fazer roupagens e guardar alimentos .

Seu destino era o Quinto Reino nas terras úmidas e traiçoeiras do Pântano dos Elfos , onde gastaram muito tempo , pois varias coisas os atacavam, Elfos do Caos , Elfos Brancos , Elfos Sangüineos , Elfos Aquáticos e até as próprias arvores , o único povo que os ajudou foram os Elfos Angelicais , seres semelhantes aos humanos e muito amigáveis , venderam lhe comida , água fresca , roupas , barcos , Wisky de Fogo , Conhaque de Amoras e alguns amuletos contra os espíritos do pântano.

Depois de 5 meses de viagem nas águas barrentas e escuras do pântano os 4 Reis chegaram ao porto de Smeiford , desembarcaram e seguiram a pé cerca d 5 dias até chegarem a cidade de Slowford , capital do Quinto Reino , lá foram recebidos por Lady , descendente de Afrodite , Nina era uma maga habilidosa e sua beleza deixava seus inimigos tontos , a ponto de fazer lhes abaixar a cabeça e esticar o pescoço por ordem de Lady Nina.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Ter Jun 16, 2009 11:10 pm

Cap. V


Lady Nina , Sir Eros , Sir Nero , Sir Timentir e Sir Tyalis , aprontaram-se e seguiram em viagem , seu passatempo era caçar alguns animais , cavalgar , conversar e as vezes treinar em combate um contra o outro .

Seu destino agora eram as terras nórdicas de Alfa 5 , terras tão frias quanto o próprio gelo e tão traiçoeiras quanto o curso de uma matilha de Lobos Negros .

Demoraram muito a chegar cerca d 6 meses , e no caminho já nos primeiros mares congelados , navios afundaram e homens morreram , por ataques de canibais , bestas e congelados .

Mas quando chegaram foram recebidos pessoalmente por Lady Salmakia , a Rainha do Sexto Reino não parecia ser afetada pelo frio , pois nadava nas águas mortais de seu reino e andava com roupas de seda fina e leve no meio daquele frio que havia levado tantos dos fieis soldados dos outros 5 Reis .

Lady Salmakia serena e ao mesmo tempo feroz , bela e ao mesmo tempo poderosa , ouvia em seu palácio os planos de Sir Eros , assentia em certos momentos e em outros dizia que era um plano perigoso ou que aquilo não iria funcionar nem com o poder reunido da Grande Guerra .

Os cinco Reis queriam muito seguir os planos , mas Lady Salmakia era a mais experiente em estratégias , invasões e espionagem , porque desde de os 5 anos tinha de lutar contra ursos de armadura gigantescos e aprendeu a controlá-los , assim como outras bestas .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Adrian

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 47
Pontos : 49
Reputação : 1
Data de inscrição : 25/05/2009

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 6:27 pm

Eu gosto da idéia. Reinos, reis peregrinos, a união de todos para combater um mal maior... Até Lembra a história O Senhor dos Anéis.

Creio que de história de para contar apenas isso.

A narrativa passou em forma de conto, e inicialmente achei que ficaria legal pelo primeiro capitulo, pois parecia estar apresentando o mundo e o estilo de vida que o personagem teria durante a aventura, ou o que ele tinha por muito tempo. Mas, ao ver os capítulos seguintes curtos e com mais erros de português que o primeiro (o que é uma coisa estranha a julgar pelos tamanhos) percebi que não se trata de uma narrativa estilo conto e sim de contar uma história de forma corrida, quase um relato.

Tente dar mais importância em algo de sua história,a idéia é boa, e sempre tem que goste das historias de reinos. Mas, não parece ter focado-se em algo para se dedicar na fic. O português está longe de deixar a leitura agradável com os vários erros. A descrição e detalhamento quase não existem. A organização é quase nula, mas admito melhor ao decorrer dos capítulos.

Se quer uma dica, comece focando a exploração da historia detalhando e descrevendo mais as coisas. Isso fará os capítulos serem maiores, evitará essa aparente correria em avançar a história e dará mais emoção. Trabalhando essa parte tida como criativa, as partes técnicas serão algo que virão com o tempo.

^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 8:12 pm

a historia ja esta pronta ... esses caps adimito q devem ter sido os piores ... mas agora ovu postar até o 10 pra vcs ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 8:17 pm

Cap. VI


A viagem para o Sétimo Reino foi a mais longa e mais difícil , vários de seus homens não sobreviveram aos ataques de bestas , inimigos ,e a doenças , e então chegaram .

- Estão todos bem ? – perguntou Lady Salmakia olhando para os outros 5 Reis.

- Sim – tossiu Sir Eros .

- Minha aura me aqueceu – disse Sir Tyalis .

- Sim , vou curar você Eros e você também Nero - disse suavemente Lady Nina pegando o cajado.

- Esta bem obrigado Nina – disseram Sir Nero e Sir Eros.

- Eu estou bem assim como você Salmakia – disse Sir Timentir , levantando-se pegando o tridente e levantando-o e invocando um pouco d sua aura , o gelo a frente dos barcos logo estava rachado em milhões de fragmentos .

Os seis Reis se levantaram ao ver um brilho dourado no céu azul gelo , e ao passarem a fonte do brilho sentiram o sol quente iluminar sua pele , e a vibração de uma aura angelical e de tamanho poder , sabiam q era a aura de Lorde Shu , Rei do Sétimo Reino , Shu não era como os outros generais , ele não era nem um poderoso herói nem um deus, era um verdadeiro anjo , Shu era capaz de trazer a luz até para o próprio Baltazar ( Rei do Oitavo Reino , Senhor da Escuridão e da punição ) , Shu os recebeu no portão dourado de seu reino , ao seu caminhar a grama ficava verde e cheia de orvalho e as arvores cresciam , ao seu suave bater d asas , os animais mais perigosos de Alfa 5 como Tigres de Fogo atiravam-se ao chão brincando com si mesmos . Shu puxou 6 penas de suas asas e deu aos Reis as penas transformaram-se em frutos vermelhos como o sangue e doces como o mel.Shu ouviu os planos de Sir Eros e sorriu , desde nascido Shu nunca abrira os olhos , sua aura o levava a qualquer lugar , mesmo na escuridão ele sabia onde ir , Shu tirou 10 penas de suas asas , e largou as no chão fazendo um circulo , de cada pena surgiu um anjo armado de lanças brilhantes como o sol , e no meio um grande anjo com duas espadas douradas como o ouro mais puro do universo , era o exercito de Shu.

Parecia ter um numero muito pequeno mas era tão forte quanto 120 mil homens .

Os sete reis conseguiram suprimentos e barcos e seguiram a viagem para as terras do submundo .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 8:19 pm

Cap. VII


A viagem foi curta , pois Lorde Shu ao saírem de perto de seus domínios abriu uma janela para o submundo , e ele e Lady Nina usaram suas auras para protegerem os barcos dos rios de lava , mas após perceberem que os navios de seus soldados estavam pegando fogo , voltaram suas forças para seu barco , e ficaram olhando , seus queridos soldados , gritando , chorando e implorando por piedade e ajuda , Lady Nina deixou-se derramar algumas lagrimas , mas teve q voltar a atenção para o barco , Sir Timentir , atirou-se no rio de lava e nadou até cerca d 100 metro abaixo do barco e levantando o tridente chamou pela ajuda de seu ancestral , a lava estremeceu , e dentro do barco , Lorde Shu voltou suas forças a usar a brisa de suas asas angelicais para manter um ar respirável no barco , Lady Salmakia sacou o arco e apontando diretamente para a margem de rocha q estava mais perto e atirou , a flecha tocou a margem mas em segundos essa se quebrou , Sir Timentir voltou a bordo , e disse q iriam ter q agüentar até acharem Lorde Baltazar .

A viagem foi infernal , e em certos momentos os Reis acharam escutar gritos de tormento , as asas de Lorde Shu batiam nervosamente , e seu corpo composto de tanta luz , naquele local de tormentos parecia tilintar de dor e de pena das pobres almas que ali jaziam .

Então os 7 Reis tiverem certeza de escutar um grito agudo e o choro , e então viram o real reino de Lorde Baltazar ...

- Que Kersal nos proteja ... – disse Lorde Shu em um quase sussurro.

Homens , mulheres , velhos e crianças , todos feridos gravemente , ou com um tom negro e verde , que dizia que tinham sido envenenados , eram punidos pelos chicotes em chamas de grandes diabos negros e vermelhos , esses soltavam gargalhadas ao ouvir o choro das pobres almas , e no ar pequenos diabinhos , com o tamanho de crianças de 5 anos , voavam e cuspiam nos mortos , e gargalhavam , em pedras ali próximas , mulheres nuas com olhos totalmente brancos , vomitavam lava nos coitados , e riam mostrando seus dentes pontudos como facas .

Lorde Shu vendo tudo aquilo enojado , não agüentou , saltou do barco , sacando duas cimitarras douradas , e desferindo golpes rápidos e mortais , naqueles seres infernais , os seres urraram de maldade ao verem Lorde Shu , agachando-se perto das crianças do grupo de almas , e dando lhes cristais de gelo tão brilhantes quanto diamantes , um grupo de criaturas foram ao ataque em cima do anjo , mas não só ele como os outros 6 Reis , já vinham para a batalha . Lorde Shu dava golpes rápidos e diante deles , vários demônios caiam urrando de dor , Sir Eros , dava golpes ágeis e poderosos com suas lança dourada , Sir Nero , dava com seu grande Mjolnir ( grande machado com cabo longo) golpes que deviam ter o peso de 10 toneladas , Sir Tyalis usava suas 2 adagas para estraçalhar os inimigos em segundos , Sir Timentir com seu tridente de cristal cortava os inimigos ao meio e perfurava os com golpes rápidos e fortes , Lady Nina com seu cajado invocava anjos e lançava rajadas de gelo e raio contra as bestas , Lady Salmakia invocando seu falcão gigante dava rasantes sobre os demônios e estes antes de perceberem tinham milhares de flechas em seus corpos . Em cerca d 20 minutos milhões de demônios jaziam ao chão , e os fantasmas aproximavam-se dos Reis para agradecer-lhes , os reis presentearam as almas com a liberdade concentrando suas auras e fazer aqueles pobres fantasmas desmancharem-se e que as partículas de luz q sobraram deles fossem para o tranqüilo Reino de Lorde Shu.

Os 7 Reis seguiram viagem a pé , prontos para lutar com mais demônios , mas nenhum apareceu , em cerca d 1 dia defrontaram-se com um portão de pedra gigantesco , tinha sangue por todo lado e em lanças cabeças de homens gritando e chorando , sendo já mortos iriam ficar ali sentindo o tormento para sempre . Agora a respiração de Lorde Shu era rápida e nervosa , o anjo tremia como se fosse um ponto magnético em um local com atividades vulcânicas , Lady Nina tentava deixar o anjo mais calmo , mas o coitado só sabia tremer e sussurrar preces de proteção aos deuses .

E então Lorde Shu soltou uma exclamação de terror e suas asas abriram-se e bateram com tal força que fizeram as construções em pedra escura estremecer .

Em um trono segurando um olho humano na ponta de uma garra negra e afiada , estava ele , Lorde Baltazar que sorriu e levantou-se abrindo as asas demoníacas ao ver o irmão.

- Então querido Shu , meu irmão – disse soltando uma gargalhada – veio fazer uma visita a mim e a mamãe ?

Dizendo isso virou-se para uma cabeça de uma mulher idosa que parecia ser um anjo , Lorde Shu derramando lagrimas de fúria sacou as cimitarras e foi para cima de Lorde Baltazar que com astucia defendeu todos os golpes com as garras longas e grossas como facas , e encostou a ponta destas na garganta do anjo , a carne queimou ao toque daquele material venenoso , Lady Salmakia sacou o arco e apontou a flecha diretamente para a cabeça de Lorde Baltazar.

- Baltazar não me force a isto – disse a rainha.

- Forçar a que ? – disse soltando uma gargalhada – Ah, forçar você a matar seu querido amante Shu ?

Dizendo isto ele olhou nos olhos de Lady Salmakia , a Rainha tão feroz estremeceu ao encontrar aqueles olhos negros olhando para os seus , seus braços vacilaram e sem sua ordem começaram a se mexer e a flecha apontou para o coração do anjo , Lady Salmakia derramava lagrimas ao ver aquilo , Lorde Baltazar gargalhava , e Lorde Shu estava paralisado , então Sir Eros estremeceu , urrou e foi para o ataque , Lady Salmakia soltou a flecha involuntariamente , Sir Eros a defendeu com a lança e com seu cabo duro e forte golpeou o rosto de Lorde Baltazar , este gemeu e caiu ao chão , Lorde Shu correu até a cabeça da mãe e a abraçou com força , largou-a e dizendo palavras sussurradas fez um tumulo de cristal para ela .

Sir Eros aproximou-se de Lorde Baltazar e guardando a lança estendeu a mão para levantar o companheiro , os dois conversaram e Lorde Baltazar percebendo o que eles realmente queriam concordou em ir junto e ajudar no que ele pudesse fazer , depois disso foi até Shu e desculpou-se dizendo que avia pensado que ele e os Reis aviam ido até ali para matá-lo , devido ao seu ultimo encontro . Havia sido na Grande Guerra , Lorde Baltazar avia usado metade do exercito humano para fazer uma maldição para o exercito inimigo , isto sem perguntar a ninguém e deixando as famílias dos soldados sacrificados em choque e os outros 9 Reis também .

Arrumaram as coisas e partiram Lorde Baltazar disse que os demônios não os incomodariam mas alguns iam escondidos para atormentar Lorde Shu , o anjo enfurecido “ picava ” as bestas .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 8:19 pm

Cap. VIII


A viagem foi longa , mas calma , ao chegarem aos muro da cidade de Below’s os 8 Reis ficaram pasmos , os muros tão forte da capital do Nono Reino , estavam caídos e em chamas , eles passaram pelos destroços correndo e derrubaram a porta do palácio rapidamente chamando por Lorde Hoke , e ao chegarem ao salão principal do palácio encontraram-no , o corpo de Lorde Hoke jazia no chão , ensangüentado , Lady Nina correu ao encontro de seu esposo e ao cair de joelhos ao seu lado , sussurrou quase encostada na orelha de Lorde Hoke :

- Hoke ... meu querido Hoke – foi interrompida por um soluço , mas logo continuou – quem isto com você vai pagar ...

Os outros 7 Reis aproximaram-se e enquanto Lady Salmakia consolava Lady Nina os 6 Reis examinaram Lorde Hoke , descobriram que um exercito de Snifers avia atacado Below’s e que Lorde Hoke havia morrido em batalha , seu escudo e sua espada jaziam ao lado de seu corpo .Os 6 Reis balançaram a cabeça de fúria e de remorso , pois alem dos malditos Snifers terem matado seu companheiro haviam matado-o com 30 flechadas nas costa , e aviam tirado suas entranhas e pendurado na parede , e no lugar onde um dia jaziam os olhos azuis e frios de Lorde Hoke agora estavam sua aliança e uma pequena pintura de Lady Nina , Lorde Shu ajoelhou-se ao lado do companheiro e deixando 1 pena em meio a suas mãos fez um grande suporte em cristal e encima deste ficou Lorde Hoke cada Rei deu-lhe uma lembrança , Lorde Shu deu-lhe uma pena brilhante como um diamante , Sir Eros deu-lhe sua faca feita em diamantes coletados da montanha mais alta de seu Reino , Lady Salmakia colocou silenciosamente seu manto feito da pele de um urso de armadura , Sir Nero tirou um dos rubis vermelhos de seu grande Mjolnir e colocou no peito de Lorde Hoke , Sir Tyalis deixou cair sobre o corpo do companheiro um dos pequenos escudos de sua armadura feitos em ouro puro sobre os pés deste ,Lorde Baltazar pegou uma braza brilhante como o sol de sua armadura e colocou aos pés do corpo , Lady Nina soluçando levemente cortou uma mecha de seus cabelos e colocou na mão de Lorde Hoke , depois disso Lorde Shu fez com que 20 anjos cuidassem do corpo do companheiro de todos os perigos , o suporte de cristal ia deixar seu corpo intacto para sempre , mas antes de irem Lady Nina lembrou-se do orgulho de Lorde Hoke por seu escudo e por sua espada , e caminhando devagar deixou as armas sob o corpo do esposo.

Os 8 Reis seguiram viajem em silencio , a única coisa que se escutava era um leve estremecer no ar pela aura perturbada de Lady Nina .

Em cerca de dois dias de caminhada encontraram uma cidade de Snifers , a aura dos 8 Reis estavam tão furiosas quanto seus donos , em 10 minuto a cidade estava em chamas e não havia um Snifer vivo , os 8 Reis aviam cumprido sua ultima promessa a Lorde Hoke , sua morte seria vingada .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 8:21 pm

Cap. IX


Um pouco mais calmos os 8 Reis seguiram sua viagem para o Décimo e ultimo Reino , chegaram aos portões de Gazan em 2 meses , procuraram por Lorde Asten , e ao achar o companheiro foram para seus aposentos e contaram suas viagens , após um certo lamento e pedido de pêsames pela morte de Lorde Hoke , Sir Eros contou seus planos e então Lorde Asten olhou para os 8 Reis e com um serio disse :

- Vocês tem mesmo certeza de que querem lutar contra Belacqua ?

- Sim – disse Sir Eros respondendo por todos – no começo ele era um deus bom mas agora parece que mudou completamente , nos temos que dar um jeito ,por culpa de Belacqua nosso velho companheiro Hoke morreu , e agora deve estar junto a Kersal , e eu vou acabar com Belacqua nem que eu tenha que me juntar a Hoke para fazer isto , e farei com sua ajuda ou sem ela e até mesmo sozinho tentarei vingar meu companheiro e as almas que Belacqua já destruiu e absorveu .

- Eros ... – ia dizer Lorde Asten , mas Lady Nina o imterrompeu .

- Eu vou com Eros e darei minha vida se for preciso , mas irei vingar Hoke.

- Nós também – disseram os outros 6 Reis.

Lorde Asten assentiu e disse :

- Esta bem então , contem comigo e com meu reino .

Os 9 Reis ficaram 4 meses na cidade de Gazan , um dia indo ao mercado viram um tumulto e quando foram ver o que era , um vendedor estava perturbando uma moça que parecia ter 17 ou 18 anos , Lorde Nero já foi sacando o Mjolnir para acabar com o vendedor , mas Lady Salmakia o segurou e murmurou para os Reis :

-Olhem a aura dessa criança .

- É mesmo muito grande para alguém da idade dela – respondeu Sir Eros .

Em um milésimo o vendedor estava no chão e a jovem nem se mexera , mas os 9 Reis como guerreiros experientes viram seu movimento , a garota em um giro ágil avia dado uma joelhada no pescoço do homem , e os Reis perceberam que o vendedor estava morto e que seu pescoço avia sido quebrado imediatamente , a jovem guerreira já ia se afastando quando Sir Eros chegou até ela e botou a mão seu ombro , quase de imediato a garota deu o mesmo golpe em Sir Eros , mas esse somente levantou a mão e defendeu o golpe , a guerreira exclamou :

- O que ... nunca ninguém defendeu minha joelhada .
Dizendo isto deu uma série de golpes em Sir Eros , este defendeu todos como se fossem tapinhas desferidos por uma criança de 4 anos , a garota gritou :

- Como você consegue defender meus golpes .

Enquanto defendia mais joelhadas Sir Eros falou sorrindo :

- Ora , eu não seria Rei do Primeiro Reino nem um herói da Grande Guerra se não conseguisse defender um golpe de uma criança , mesmo esta sendo muito talentosa e tendo uma alma muito grande para alguém da sua idade.

Ouvindo as palavras de Sir Eros fez uma reverencia e ficou no chão dizendo :

- Desculpe Sir Eros Rei do Primeiro Reino de Alfa 5 , possuidor da gloriosa lança de Zeus feita com a alma dos piores demônios de nosso mundo .

- Levante-se , e diga-me seu nome – disse Sir Eros em tom de pedido e não de ordem.

- Meu nome é Lisa de Tauros meu Rei.

- Você é descendente do Rei Tauros ? – perguntou Lady Nina , vendo que todos outros 8 Reis também aviam se espantado .

- Sim minha Rainha , sou neta dele.

- Bem Lisa de Tauros , filha do Rei Tauros considere-se de agora em diante uma guerreira da ordem de Tauros – disse Sir Eros.

- Mas meu Rei , por que esta ordem tem o nome de meu avô e o que exatamente ela faz ?

- A ordem Lisa de Tauros , é chamada assim porque o Rei Tauros , seu avô , de acordo com lendas desafiou Belacqua para um duelo mortal e quase executou a entidade poderosa mas Belacqua era sujo e não agüentaria morrer para um humano e então mandou seus soldados lançarem uma chuva de flechas contra o Rei Tauros , e mesmo assim ele não desistiu sangrando por centenas de ferimentos levantou a espada e tentou perfurar o coração de Belacqua , mas este sacou uma faca e enfiou a no pescoço do guerreiro e cortou-lhe a cabeça fora e depois arrancou seu coração e estraçalhou seu corpo e órgãos para ter certeza de que ele não voltaria para acabar sua missão – disse Lorde Shu.

- Sim meu Rei eu conheço esta lenda cresci ouvindo ela de meu pai .

- Pois bem Lisa , nos vamos acabar o trabalho de seu avô- acabou Lorde Shu.

Depois de muita conversa e decisão a viagem foi decidida , eles viajariam até a passagem que a 80 anos havia sido aberta pelo Rei Tauros , levando ao mundo de Belacqua e lá enfrentariam grandes perigos e chegariam ao palácio da entidade e a matariam com toda sua fúria e poder .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
skydreamer19

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 37
Pontos : 31
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2009
Idade : 29
Localização : Porto Alegre -RS

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Qui Jun 18, 2009 8:23 pm

Cap. X


6 meses se passaram e os Reis já aviam resolvido tudo , Lady Salmakia estava ocupada com o posicionamento dos arqueiros , Lady Nina com a posição dos magos , Lorde Asten cuidava das aeronaves, tanques , catapultas , e fortalezas moveis , Lorde Shu tratava de invocar o maior numero de anjos possíveis , e assim por diante a única que no meio daquela obrigação imensa se sentia inútil era Lisa , vendo os 9 grandes guerreiros , heróis da Grande Guerra e Reis , pensava consigo mesmo “ Por que logo eu fui a escolhida ? Será que decidiram me levar porque meu avô foi o primeiro a tentar e por isso acharam que a coisa mais piedosa a fazer seria me levar para ver a morte de quem matou meu avô ?” , nesse emaranhado de pensamentos estava a pobre Lisa , a garota tentava concentrar sua aura para conseguir um golpe que avia visto um homem fazer em uma luta de apostas , mas sempre que tentava acabava caindo no chão com uma dor de cabeça enorme .

Sir Shu aproximou-se dela venda que ela estava perturbada , e sentou em uma cadeira que achou por perto e logo empurrou uma para ela , Lisa se sentou por respeito ao Rei , mas tinha vontade mesmo era de sair correndo.

- Lisa se você estava tão intrigada assim para saber por que lhe escolhemos porque não nos perguntou ? – disse Shu com sua voz angelical e tranqüilizadora.

- Mas ... como o senhor sabe meu Rei- disse a menina chocada .

- Ora , foi fácil perceber , você ai sentada com um olhar pensativo , logo vi em seus olhas a sua questão .

- Ah ,desculpe meu Rei subestimei sua sabedoria – dizendo isso a jovem guerreiro se botou aos pés de Lorde Shu.

-Ora , menina levante-se , e me chame de Shu , agora você é da Ordem de Tauros de modo que eu e todos os outros Reis devemos ser chamados pelos nossos nomes não pelos nossos títulos – disse o anjo puxando a mão de Lisa e fazendo-a se levantar.

-Mas senhor Shu , o senhor pode me responder a minha pergunta ?

- Ah , sim posso mas quero uma coisa em troca .

- Senhor Shu ... eu gostaria de lhe dar o que o senhor quer mas de meu avô só me sobrou o sobrenome , suas fortunas foram roubadas pelos Snifers .

- Lisa eu não quero nada material , não só porque posso ter em um piscar de olhos , como também porque não me interessa .

- Então o que seria senhor Shu ?

- Eu quero querida amiga , que você concentre sua aura o máximo que puder e se alcançar um nível notável irei dar-lhe as respostas para todas as perguntas que você quiser .
Lisa ouvindo isso se levantou e esvaziou sua mente . Sentiu o calor de sua aura crescendo e foi deixando ela crescer mais e mais , quando a garota percebeu sua aura estava queimando como o sol e neste momento Lorde Shu levantou-se e aplaudiu , a jovem guerreira parou sua aura e disse num tom de respeito imenso :

- Se me permite dizer isto senhor Shu , agora é a hora do senhor cumprir com sua promessa .

- Sim , sim , sim , diga-me Lisa o que deseja saber ?

- Porque eu fui convocada para a Ordem ?

- Eu e os outros 8 Reis vimos você e o vendedor , Sir Nero ia abater o homem , mas notamos sua aura , ela queimava como a aura de um guerreiro real , e percebemos o seu golpe , foi tão ágil e veloz que por um segundo pensamos que tinha você não era você , pensamos que era algum assassino usando um feitiço de ilusão mas logo percebemos que não , e ao saber que você era neta do Rei Tauros descobrimos o por que da sua aura ser tão forte .

- Porque meu avô tentou matar Belacqua ?

- Seu avô era um grande guerreiro e foi um dos generais de Belacqua e ao perceber que este estava fazendo coisas erradas e maldosas contra o povo que devia proteger , o Rei Tauros decidiu largar seu posto de senhor dos céus e das terras , para se tornar um humano e viver como rei aqui nestas terras , e a fúria de seu bisavô foi tamanha , que matou os servos e amigos de seu avô e conseguiu matar sua avó logo depois de seu pai nascer , seu avô foi ao encontro dele e sozinho lutou por 200 dias e 200 noites contra os soldados de Belacqua , e ao chegar ao palácio da entidade desafiou-a para um duelo mortal , de acordo com as lendas seu avô fez sua aura queimar tanto quando podia e assim feriu Belacqua e ia dar o golpe final , quando a criatura covarde e suja ordenou q seus soldados matassem o Rei Tauros pelas costas , mas mesmo assim o grande guerreiro não desistiu , sangrando por milhares de ferimentos , levantou a espada e foi contra Belacqua , este sacou uma adaga escondida e cortou a cabeça de seu avô arrancou-lhe o coração e comeu , e depois estraçalhou o corpo e os órgãos de seu avô de modo a garantir que esse estivesse morto .

- Mas ... então ...

- Sim , Belacqua é seu bisavô.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pereira

NovatoNovato


Masculino Número de Mensagens : 1
Pontos : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/02/2010

MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   Dom Fev 07, 2010 9:26 am

boas...desculpa dizer-te isto assim mas...esta horrivel...a narraçao é muito fraca as personagens vazias e a historia nao acontece da maneira que devia portanto torna-se estupida...tenta reescrever...e melhor...e tambem nao creio que um capitulo de um paragrafo seja mesmo considerado um capitulo ate porque o que colocaste nesse capitulo, alargado, poderia ocupar mais uns 2 ou 3 de tamanho razoavel
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: As Cronicas de Belacqua   

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Cronicas de Belacqua

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum: Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fanfics :: Histórias Originais -